30 Passos para Alcançar a Abundância Financeira

Se a abundância financeira é o seu objetivo, é provável que obtenha os melhores resultados se você combinar suas técnicas favoritas de Lei de Atração com um plano concreto que se concentra em transformações práticas.

Este caminho de 30 passos ajuda você a ver o dinheiro em uma luz mais positiva e produtiva e te ensina a elaborar estratégias de maneira a apoiar o bem-estar financeiro a longo prazo.

Sugerimos abaixo os primeiros passos para você fazer seguir durante 30 dias na busca por um sucesso inspirador!

1. Defina sua intenção
Comece por ser honesto consigo mesmo sobre como você pensa e se sente com dinheiro. O que você acredita sobre isso e quais são as emoções que ele traz? Em seguida, anote cinco benefícios que te entusiasmam só de imaginar quando você conseguir o bem-estar financeiro que tanto procura. Finalmente, resolva assumir a total responsabilidade pelo seu dinheiro e afirme que você pode mudar de uma maneira que leva à abundância.

2. Avalie suas finanças
Conduza uma ampla visão geral de sua situação financeira, fazendo algumas anotações sobre sua abordagem para gastar, se você planeja com antecedência, sua estratégia de poupança, sua maneira típica de orçamento, se você já obteve alguma ajuda especializada com suas finanças e se você tem um bom histórico para estabelecer e manter metas financeiras.

Não se julgue negativamente aqui - o objetivo é apenas ter uma ideia de como as coisas são e o que você pode querer mudar.

3. Libere Espaço para a Abundância
Procure por fins financeiros que você pode conseguir realmente e se livre de coisas que fazem você pensar sobre dificuldades financeiras do passado. Armazene os documentos necessários, exclua as declarações do imposto de renda e contas que você não precisa mais.

4. Criar um bom ambiente financeiro
Prepare o cenário para o sucesso, criando um local em sua casa dedicado a fazer um trabalho financeiro produtivo. Torná-lo um lugar positivo que é propício para o foco e o pensamento claro, e considere obter uma nova pasta ou caixa para dedicar a documentação futura do seu futuro abundante.

5. Analise seu crédito
Faça uma revisão útil de suas finanças e do seu histórico de crédito. Esta informação permite que você saiba se você terá algum problema para obter seguro pessoal, empréstimo ou alugar uma casa e, se estiver bem, você poderá obter crédito adicional se você precisar. Tenha esta segurança de que se precisa de empréstimo tem onde conseguir, mesmo que não queira usar, mas só o fato de ter esta segurança, te ajuda a atrair a abundância.

6. Melhore o seu relatório de crédito, se necessário
Se você notar algo errado com o seu relatório de crédito, peça uma revisão e inclua os documentos relevantes. Sua reivindicação deve ser investigada rapidamente e você obterá os detalhes do resultado, bem como uma nova cópia do seu relatório se ele tiver mudado. Busque retirar seu nome do Serviço de Proteção ao Crédito – SPC e/ou Serasa.

7. Planeje seu Caminho Financeiro
Crie uma imagem precisa do que você terá no futuro, desenhando um mapa de como sua renda irá mudar ao longo do tempo. Anote metas específicas e prazos para tornar seu caminho concreto. Você pode imaginar o quanto sua caderneta de poupança vai aumentar em 5 anos ou o seu patrimônio. Aqui vale brincar e imaginar a ponto de se sentir bem com esse jogo imaginário.

8. Visualize Abundância
Visualize as melhorias desejadas em sua cabeça e permita-se sentir o orgulho e a emoção que vem com abundância. Reserve um tempo para fazer isso por 5-10 minutos todos os dias. Visualize como quer sua vida financeira e como será sua vida sozinho ou em família quando a abundância chegar.

9. Tente conseguir um plano de pagamento da dívida
Avalie sua dívida atual e, se for significativo, veja o que é prioridade. Descubra o quanto você pode pagar, e quando, até porque este ato lhe dará uma sensação de produtividade e responsabilidade pelo que você deve.

10. Formular prioridades financeiras
Anote uma lista de necessidades e desejos (por exemplo, comprar um carro, tirar férias, livrar-se da dívida), classificá-los (ou seja, como necessidade ou desejo) e, em seguida, classificá-los em termos de importância. Isso ajudará a estabelecer metas financeiras em uma fase posterior.

11. Foco em Metas S.M.A.R.T
Durante toda a sua jornada de bem-estar financeiro, concentre-se em metas que são S.M.A.R.T. específicas, mensuráveis, realizáveis, gratificantes e rastreáveis. Se um objetivo potencial não marcar todas essas palavras, reformule-o até que ocorra.

12. Veja sua vida financeira em 3 etapas
Os objetivos também se encaixam em três grandes categorias: curto prazo (dentro de 2 anos), meio prazo (2-5 anos) e longo prazo (mais de 5 anos). Certifique-se de classificar todos os seus objetivos financeiros pessoais de uma dessas três maneiras, e certifique-se de ter algo em todas as categorias.

13. Ataque os Débitos
Opte por uma das duas estratégias mais eficazes para lidar com dívidas - comece com o menor e trabalhe no seu caminho, ou comece com a taxa de juros mais elevada. O primeiro é gratificante e encorajador, já que o progresso é feito muito rapidamente. Enquanto isso, o segundo salva o maior interesse em taxas de juros ao longo do tempo. Nunca despreze a dívida, não finja que ela não existe, porque algo dentro de você vai se esforçar para te lembrar que ela existe. Faça o contrário: veja como acabar com ela, se força inteligente e eficaz. Certamente, você vai se sentir bem.

14. Planeje Emergências
Espere o inesperado com o objetivo de ter dinheiro suficiente reservado para 3-6 meses de despesas de vida, apenas no caso de algo dar errado. Isso não só preserva seu bem-estar financeiro, mas também tira um peso à sua mente.

15. Proteja seu futuro
Comece a avaliar e planejar suas economias de aposentadoria. Por exemplo, procure o conselho de um planejador, certifique-se de participar de planos de aposentadoria em seu trabalho, e tenha cuidado com o reembolso inicial (o que incorre em mais penalidades do que as pessoas geralmente percebem).

16. Comprometer
Depois de estabelecer metas financeiras claras, é importante lembrar-se regularmente delas. Escreva as metas e as coloque onde você pode vê-las (por exemplo, na sua geladeira ou perto da sua mesa) e crie um quadro de sonhos que represente o futuro abundante para o qual você está se esforçando.

17. Economize sabiamente
Quase todos os seus principais objetivos financeiros precisarão de você economizar, então pense sobre a estratégia de poupança que você adotará. Para economizar sabiamente, considere fazer algum dinheiro extra de um hobby (por exemplo, algo que você pode criar ou fazer), vender os bens antigos que você não precisa mais, colocar ganhos inesperados em uma conta com juros e tentar separar um determinado pedaço da sua renda a cada mês. Por menor que seja, guarde o que sobrar, pois a sensação de progresso vai te fazer economizar mais e mais. Comece mesmo que seja com 5 reais. No mês seguinte com 20 e depois, guarde 100 reais. Quanto mais se sentir bem com a economia, mais o Universo vai arranjar formas de você guardar mais e mais dinheiro.

18. Controlar e monitorar variáveis
Elabore suas despesas variáveis. Estas são aquelas que mudam todos os meses (por exemplo, mantimentos, serviços, alimentos e itens de saúde) e aqueles com os quais você tem o maior controle. Se você planeja certo valor e a conta vem menor, você vai se sentir eficiente.

19. Identificar despesas fixas
Agora, volte para suas despesas fixas, que não variam de acordo com o mês (por exemplo, pagamento de aluguel, financiamento ou hipoteca). Eles não podem ser facilmente alterados, mas analisá-los dá uma sensação mais clara do que você pode economizar e quanto dinheiro você precisa para sobreviver a cada mês.

20. Plano de despesas periódicas
As despesas periódicas não são mensais, mas são regulares (por exemplo, férias, material escolar e imposto de renda). Estes muitas vezes quebram os orçamentos das pessoas, porque eles não são planejados - por isso planeje-os! Determine o que serão este ano e seja honesto sobre eles (por exemplo, presentes e despesas de carro projetadas).

21. Grave tudo
Durante pelo menos um mês, crie um documento dedicado ao rastreamento de todas as suas despesas, desde passagens baratas até grandes compras. Este processo não apenas mostra os lugares para recortar, mas também incentiva o hábito da responsabilidade.

22. Encontre oportunidades para cortar despesas
Desafie-se a encontrar 10-20 pequenas maneiras de poupar dinheiro - tudo isso se somará. Os bons exemplos incluem o consumo de refrigerante ou cerveja, reduzindo para um litro por semana, fazendo o almoço em vez de comprá-lo e recebendo livros de segunda mão.

23. Reduza o seu orçamento de supermercado
Uma das melhores coisas que você pode fazer é comprar marcas genéricas no supermercado, que muitas vezes são tão boas (ou melhores). Também é inteligente fazer uma lista antes de ir à loja toda vez, e cumpri-la (ao invés de ser atraído por ofertas tentadoras). Enquanto isso, planeje as refeições antes e pense nos que envolvem ingredientes baratos, mas saudáveis.

24. Compartilhe ideias
Diga a outras pessoas sobre as coisas que você fez até agora para melhorar o bem-estar financeiro e espalhe energia positiva sobre a abundância. Peça-lhes ideias e considere incorporar as melhores em sua rotina.

25. Reveja e ajuste
Não deixe a sua atitude em suas finanças estagnar - em vez disso, faça um hábito de olhar sobre seus orçamentos, seus padrões de gastos, sua conta de poupança e como você se sente sobre as finanças de forma mais ampla. Se algo não estiver funcionando para você, mude. Você está olhando para não só ter mais dinheiro, mas também para se sentir melhor sobre o dinheiro. Portanto, nada nestes 30 passos deve te fazer sentir mal.

26. Proteja seus ativos
Mesmo que você não se veja como tendo muitos ativos, é importante ter um testamento. Se você tem filhos, isso permite que você nomeie os beneficiários, e mesmo que você não tenha filhos você terá a paz de espírito de saber como os bens serão distribuídos. Depois de fazer o testamento, mantenha-o em algum lugar seguro e privado ou com um advogado de confiança. Este conselho parece ruim, mas o fato de saber que todo este esforço de se tornar abundante vai favorecer as pessoas certas, te dará ânimo e estímulo.

27. Faça as decisões de crédito com cuidado
Sempre que você se candidata a crédito, leia todos os termos - pode parecer tedioso, mas é importante (e permite que você compare os termos de várias opções antes de tomar a decisão correta). Certifique-se de olhar para a taxa de juros, duração do empréstimo, limite de crédito, período de carência, taxas de atraso e taxa de financiamento.

28. Crie uma rede de apoio financeiro
Assim como suas habilidades financeiras agora podem ser, você também se beneficiará de ter uma equipe de profissionais. Isso pode incluir um assessor fiscal, planejador financeiro e advogado. Peça aos amigos e familiares recomendações e não tenha medo de conhecer algumas pessoas antes de tomar uma decisão.

29. Aprecie a mudança
Aproveite para celebrar tudo o que conseguiu até agora no seu caminho para a abundância! Você enfrentou muitos desafios, mas a recompensa valerá a pena (e provavelmente já é). Você pode se beneficiar de escrever uma pequena história do que você conseguiu, ou de compartilhar sua história com outras pessoas. Nosso site www.leidaatracao.tv está disponível para apresentar seu resultado de sucesso.

30. Comemore e avance
Finalmente, faça um balanço do que você fez e afirme a sua capacidade de atrair positividade financeira para a sua vida. Então avance em sua vida de abundância com confiança, sabendo que você pode manifestar ainda mais dinheiro. Sinta-se bem e visualize o que quer nas próximas etapas.


 

Receba auxílio para seus problemas financeiros com nosso curso da Lei da Atração na prática, clicando aqui

COLOQUE EM PRÁTICA O CONHECIMENTO DA LEI DA ATRAÇÃO ATRAVÉS DO MÉTODO ALFA. TREINAMENTOS MENTAIS EM MP3 PARA O AMOR, DINHEIRO, EMPREGO, SAÚDE E BEM-ESTAR. Clique e conheça.